11 alimentos que parecem ser lights, mas engordam MUITO

Nem todos os alimentos que parecem leves possuem poucas calorias. Saiba quais são os alimentos que parecem lights, mas na verdade são super calóricos:
Nem todos os alimentos são saudáveis como parecem. Alguns, por exemplo, parecem muito inocentes e são consumidos diariamente, mas podem até mesmo causar câncer.
Quando o assunto são calorias, pode ser ainda pior. Muitas vezes nos deixamos levar pela aparência leve de uma comida, quando na verdade ela é uma verdadeira bomba calórica. Veja:

1. Adoçantes artificiais

adoçantes Estudos recentes apontam que o consumo de adoçantes artificiais está diretamente ligado à obesidade. Pesquisadores do Instituto Weizmann, de Israel, afirmam que o consumo dessas substâncias pode desencadear intolerância à glicose, que uma fase anterior à diabetes. Além disso, uma pesquisas publicada no New England em 2012 confirmou que o consumo de bebidas adoçadas artificialmente pode causar obesidade.

2. Refrigerante light

light Os refrigerantes light são bastante nocivos à saúde, pois possuem grandes quantidades de adoçantes artificiais. A bebida pode causar aumento de peso, além de retenção líquida e aumento da pressão arterial.

3. Pão com glúten integral

integral O glúten pode desencadear um processo inflamatório que ataca as paredes do intestino delgado, fazendo com que a absorção de nutrientes seja mais difícil. Se o alimento com glúten ainda vier acompanhado de fibras, a absorção fica ainda mais lenta. O resultado disso? Abdômen estufado, aumento da gordura na região abdominal e obesidade.

4. Margarina

margarina Além de ser extremamente calórica, a margarina é rica em gorduras trans, que causam obesidade e também arteriosclerose.

5. Leite desnatado

leite Apesar de possuir 30% menos calorias que o leite comum, nesse tipo de leite já foram encontradas água sanitária, soda cáustica, formol, bicarbonato sódico, hormônios esteroides e antibióticos. Essa mistura pode causar obesidade, mal de Alzheimer, Parkinson, câncer, alergias respiratórias e da pele.

6. Granola comum, diet e light

granola A granola parece um alimento bastante saudável, e seria, se não tivesse glúten e açúcar ou adoçante artificial em sua composição. Isso faz com que ela seja altamente calórica.

7. Iogurte grego comum e light

grego De acordo com nutricionistas, o iogurte grego é muito mais calórico que a versão comum. Além disso, o iogurte grego light possui adoçantes artificiais, que também são nocivos ao organismo.

8. Barras de cereal

barras A maioria das barras de cereal contém glúten, açúcar ou adoçante artificial em abundância na sua composição. Especialistas afirmam que elas são uma verdadeira bomba calórica e quase não possuem as fibras prometidas no rótulo.

9. Suco de caixinha comum e light

caixinha Os sucos de caixinha quase não contêm frutas de verdade. Por outro lado, eles possuem muito açúcar, edulcorante e emulsificantes.

10. Queijo minas

queijo Queijo minas ou queijo branco pode causar alergias cutâneas e respiratórias, por ser um derivado do leite. Além disso, ele é altamente calórico, possui cerca de 66 kcal em 30g e é rico em gorduras.

11. Comida Japonesa

japonesa Alguns pratos de comida japonesa contêm menos calorias que outros alimentos. O problema é que geralmente eles vêm associados ao shoyo. Esse molho é  extremamente rico em sódio, que causa retenção líquida e aumento da pressão arterial.
por: Jéssica Chiareli
Fonte:  Fatos Desconhecidos

Sobre Vereador Souza Santos